Raio X: Os melhores rastreadores veiculares do mercado

rastreador de veiculos

Rastreadores de veículos são uma opção mais barata quando os preços dos valores das apólices de seguro estão bastante altos, principalmente para aqueles perfis de condutores – jovens e idosos – que acabam por desembolsar quantias maiores para manter seu automóvel segurado contra sinistros.

Neste sentido, nos últimos anos têm surgido no mercado diversas empresas que oferecem o serviço de rastreamento veicular. Estas empresas oferecem pacotes e preços diversos de serviço, para poder atender a todos os bolsos.

Para auxiliar na buscar pelo serviço que seja ideal as suas necessidades, pesquisamos quais são os melhores tipos de rastreador veicular do mercado. A lista está exposta a seguir:

Rastreador Ituran

Em seu plano básico (R$ 43,00), a Ituran não oferece monitoramento em tempo real nem por 24 horas. A localização do veículo é dada apenas quando o cliente liga para a central. Para contemplar monitoramento via computador, o cliente deve pagar por um plano mais caro. No mais, a empresa não possui acompanhamentos via aplicativos nem serviços adicionais de assistência.

Rastreador Car System

A empresa oferece dois tipos de produtos: bloqueador ou rastreador.  Ambos  acionam a sirene que diz “este veículo está sendo roubado e é monitorado” em caso de roubo ou furto. A modalidade de serviço ‘Bloqueador’ pode não ser interessante, pois funciona apenas em casos em que o carro esteja estacionado e sem a chave na ignição ou se o cliente ligar e dizer onde o carro está.

O produto Ratreador, por outro lado tem como opção o monitoramento via computador (mas sem aplicativos para celulares) e a localização imediata via satélite em caso de roubo ou furto, além da  possibilidade de instalação de botões anti-seqüestro em locais estratégicos no carro. Os pacotes desta empresa não possuem planos com serviços de assistências.

Rastreador AutoTrac

A empresa de Nelson Piquet é uma das mais tradicionais no mercado, oferecendo o monitoramento e alertas por computador ou aplicativo. Contudo, a empresa não possui serviços de assistências adicionais, como guincho ou auxílio mecânico. Seus planos custam a partir de R$ 124,00.

Siggo Rastreador RF

Siggo é o rastreador da Sascar para pessoas físicas.  A empresa é bastante reconhecida no rastreamento de frotas. Em seus pacotes de serviços, estão disponíveis diversas tecnologias que permitem acompanhar os veículos dos clientes (radio freqüência, GPS/GSm, e satelitial). É oferecido o rastreamento em tempo real podendo ser monitorado por aplicativos para sistemas IOs e Android. O Siggo também possui alguns serviços adicionais para o carro (com guincho, troca de pneus, panes) e para o cliente (vidraceiro, chaveiro, eletricista e encanador).

A instalação do rastreador Siggo é feita pela própria empresa no endereço indicado pelo cliente. As mensalidades custam a partir de R$ 39,00. Contudo é possível optar pela modalidade Rastreador com Seguro, que além dos serviços já mencionados, em casos de furtos e roubos, caso não ocorra a recuperação do veículo, o proprietário é reembolsado 100% segundo os valores da tabela FIPE até R$ 55 mil. A mensalidade deste pacote custa R$ 99,00 para todos os clientes, independente do modelo do carro ou perfil do motorista.

Melhor rastreador veicular

Apesar de não funcionar como um seguro, os rastreadores são a opção mais segura e barata contra roubos e furtos de automóveis. Após conhecer alguns dos são os melhores rastreadores veiculares do mercado, você pode escolher aquele que irá se adequar melhor as suas necessidades.

Para mais informações acesse: http://e-cota.com/rastreador-veicular/

5 curiosidades sobre a Ilha de Malta

Ilha de Malta Tony Hisgett

Ilha de Malta – fotógrafo: Tony Hisgett

Sempre que falamos em viajar, existe sempre quem prefira os lugares mais famosos e mais badalados possíveis, esta é a mais pura verdade, mas em contrapartida, algumas pessoas simplesmente costumam gostar de ideias de explorar destinos diferenciados menos populares, tudo o que acontece em uma tentativa de sentir o grande gostinho de visitar uma região que não é muito disputada por turistas.

Por isso conheça Malta, e algumas curiosidades sobre a ilha de Malta, este que é um país pequeno no tamanho, mas grande em história.

Confira algumas curiosidades Ilha de Malta.

Curiosidade #1

Se você quis sempre ver de perto como eram as construções medievais, a cidade de Victoria, capital de Gozo, é uma região bastante conhecida por sua aparência antiga, e por ruínas que estão sempre em meio às construções mais modernas.

Nesta região temos um templo subterrâneo pré-histórico, considerado o único do mundo, o Hipogeu de Hal Saflieni, este que foi criado por volta de 2500 a.C.

Curiosidade #2

Quer conhecer uma praia diferente de tudo o que você já viu, ao visitar a Ilha de Gozo, você deverá ir até a Baía de San Blas, onde as suas areias são vermelhas, uma das únicas regiões do mundo que possuem este tipo de característica.

Curiosidade #3

Ao chegar a cidade no aeroporto de Malta, uma curiosidade ilha de Malta que você pode perceber é que o aeroporto é muito próximo da capital, os táxis possuem preços fixos, mas o diferencial está que você poderá verificar um meio de transporte bastante peculiar. Os ônibus amarelos, são característicos de Malta e não existem em lugar algum do mundo.

Malta -  fotógrafo: Sebastian Sikora

Malta – fotógrafo: Sebastian Sikora

Curiosidade #4

Uma curiosidade ilha de malta muito interessante que podemos citar são as cidades de construções históricas, na capital, por exemplo, é possível você encontrar restaurantes incríveis, que foram construídos dentro de pedras de construções antigas, o que gera um visual peculiar e único, além de especial.

Curiosidade #5

Outro diferencial da Ilha de Malta é que curiosamente muitos hotéis que tem menos de 5 estrelas possuem esta característica peculiar se ser construído dentro das pedras, e por isso são muito baratos, mas o mesmo tempo de grande qualidade, diferente de qualquer tipo de situação em qualquer região do mundo.

4 coisas que você precisa saber antes de viajar ao Japão!

Viajar é sempre muito bom. Mas viajar para o Japão é melhor. A cultura, a tecnologia, a organização, a culinária. Tudo no Japão parece ser de outro tempo. Mesmo que seja a primeira ou a décima, se você quer aproveitar ainda mais sua estadia na Terra do Sol Poente tem que ficar atento nessas dicas:

Leve tênis confortáveis.

Deixe de lado o seu bom e velho All Stars e invista em algum tênis realmente confortável e indicado para caminhadas. Apesar do transporte público japonês funcionar muito bem (nem se compara com o brasileiro), você vai preferir andar. Especialmente se estiver indo visitar o Japão pela primeira vez.

Vá para um bar de Gaijin na sua primeira noite na cidade

bar gaijin

Esse é o melhor lugar para encontrar japoneses que falam inglês ou outros estrangeiros, chamados de Gaijins. Além de possíveis novos amigos, você encontra informações sobre coisas interessantes que estão acontecendo na cidade ou lugares que você possa querer conhecer. Você pode até aproveitar as dicas que aprendeu em seu curso de japonês online mas aproveite que os japoneses adoram conhecer ocidentais e prepare-se para ser cercado por uma família de curiosos. Garanto que será divertido!

Vida noturna

vida noturna no japao

Se você está quer mesmo encontrar algum lugar para ir, não tenha medo de explorar um pouco ou perguntar para as pessoas sobre os lugares mais legais da cidade. Caso fique sem sorte, encontre outros turistas ou estrangeiros que morem ali. Essas pessoas geralmente sabem onde as coisas legais estão acontecendo.

Se quer beber um pouco (ou um pouco mais), troque suas notas de ¥10.000 por notas de ¥1000. Acredite, depois de alguns drinks a mais você pode não conseguir notar um zero a mais na hora de pagar a conta.

O serviço de trens japonês geralmente não funciona entre 2 e 5 da manhã. A maioria das pessoas fica a noite inteira curtindo e pega o primeiro trem para casa – esqueça taxis a menos que queira gastar muito dinheiro. O melhor é que isso vira uma experiência cultural muito divertida, já que o trem se torna quase uma extensão da festa.

Cuidado com malandros

Essa é uma coisa que costuma pegar qualquer um desprevenido. Se você não lesse essa dica poderia ser um alvo fácil para esses caras. Super animados, eles aparecem algumas vezes sozinhos ou em grupos para convencer você a entrar no “bar” deles.

Eles realmente parecem bem legais, oferecem bebidas de graça e tudo. Mas uma vez que você acabe indo para o bar deles aquelas bebidas grátis ficam muito, muito caras. Aí você começa a ter problemas se quiser disputar com vários malandros.

Para evita-los, é fácil. Caso algum se aproxime, ignore, olha para frente e siga seu caminho como se ele não existisse. Se eles começarem a se aproximar diga apenas “não, obrigado”.

Alugue uma bike!

Sabe aquela história de “se estiver em Roma, seja romano”? A versão nipônica seria: no Japão, seja ciclista. É muito fácil e barato alugar uma bicicleta no Japão. Se você encontrar alguém que conheça a cidade para pedalar contigo, vai ter uma oportunidade única de conhecer o local. Mas se não, simplesmente suba na bike e saia para conhecer a cidade você mesmo.

bicicleta no japão

Marque no seu mapa (pode ser até no GoogleMaps) onde alugou sua bicicleta e saia sem medo. Há indicativo de que a maioria do tempo da polícia japonesa é usado para investigar furtos de bicicletas. Eles realmente levam as coisas a sério e todas as bikes tem identificação.

Para mais informações sobre a língua e a cultura japonesa acesse:

5 dicas incríveis para economizar em suas viagens 2015

economizar em viagens

O blog Vida de Turista do grande Thiago Cesar preparou 5 dicas para economizar em viagem em 2015. As dicas são bem práticas por isso resolvi repostar isso aqui no Go!Busca. Confiram:

Cenário da economia em 2015

Dois itens influenciam diretamente a economia em 2015: o dólar mais caro e preços de itens de consumo básico que aumentaram ou vão aumentar. Isso tudo gera uma reação em cadeia no preço final e faz com que aumente o preço das viagens.

Se o dólar aumenta, o preço de viagens internacionais se torna mais caro (passagem, hotel, serviços). Se o combustível aumenta, fica mais cara a passagem aérea, viagens de carro e viagens rodoviárias. Se as contas de luz, água ou gás aumentam, ficam mais caras as reservas de hotéis e pousadas.

Além disso, com a moeda desvalorizada, é mais comum encontrar estrangeiros no país, pois para eles se torna mais barato viajar para o Brasil. Não estou dizendo que é ruim. Mais gringos no Brasil é bom para a economia. Mas também fica mais concorrido e difícil competir nas reservas, atendimentos e serviços para os brasileiros.Dicas para economizar em viagem

Dados os fatos acima, vamos às dicas para economizar em viagem em 2015:

  • Viajar dentro do país: com o dólar alto, a melhor solução é adiar em 2015 viagens internacionais. No Brasil existem ótimos roteiros e destinos para passear com a família e os amigos e viver experiências incríveis e diferenciadas. Que tal ir para Jurerê em Florianópolis? Que tal ir para os Lençóis Maranhenses no Maranhão? Que tal ir para Gramado no Rio Grande do Sul? Que tal ir para o Costão do Sauípe na Bahia? Que tal ir para Porto de Galinhas em Pernambuco? Que tal ir para o Pantanal no Mato Grosso do Sul? Que tal ir para a Amazônia em Manaus? Pois é, opções não faltam e são ótimas opções.

Pesquisa de 10/01/2015 cotando na CVC:

Pacote para Orlando de 14/03 a 20/03 sai por R$ 2.744,68 por pessoa.

Pacote para Porto de Galinhas de 14/03 a 21/03 sai por R$ 1.568,00 por pessoa.

Economia de: 43% (e com 1 dia a mais para ficar na viagem nacional)

  • Comprar moeda estrangeira antecipadamente: se mesmo assim o desejo é viajar para fora do país, uma sugestão é comprar a moeda estrangeira aos poucos até o dia da viagem. Compra um pouco esse mês, depois mais um pouco no próximo mês e assim vai até o dia da viagem. Dessa forma é possível fazer preço médio e evitar oscilações bruscas da moeda estrangeira. E claro, se possível, comprar quando a cotação está mais baixa. Ficar de olho também nas casas de câmbios, já que cada uma oferece preços diferentes.

Pesquisa de 10/01/2015 com base nas informações do InfoMoney:

Compra de R$ 200,00 em dólar por 1 ano todo dia 06 de cada mês em 2014: US$ 1.026,00

Compra de R$ 2.400,00 em dólar no dia 06/12/14: US$ 919,54

Economia de: 11%

  • Viajar na baixa temporada: essa é uma ótima opção sempre para viajar economizando. A sugestão é programar as férias de viagem num período de baixa temporada daquele destino que você gosta. Por exemplo, Cancún, no México, tem a baixa temporada em Setembro, Outubro e Novembro e é um destino espetacular de viagem. Fortaleza após o Carnaval também é uma ótima opção.

Pesquisa de 10/01/2015 cotando na CVC:

Pacote para Cancún de 01/07 a 08/07 sai por R$ 6.634,62 por pessoa

Pacote para Cancún de 01/09 a 08/09 sai por R$ 5.741,82 por pessoa

Economia de 14%

Pacote para Fortaleza de 06/02 a 13/02 sai por R$ 1.473,53 por pessoa

Pacote para Fortaleza de 10/04 a 17/04 sai por R$ 1.296,23 por pessoa

Economia de 13%

  • Reduzir o número de dias de viagem: reduzindo o número de dias de viagem você economiza sem perceber. Ex.: Em vez de ficar 10 dias fora, retire 1 dia e fique 9 dias viajando. Essa economia de 1 dia em hospedagem, alimentação e serviços pode fazer uma grande diferença no gasto total da viagem.

Pesquisa de 10/01/2015 cotando na CVC:

Pacote para Fortaleza de 10/04 a 17/04 sai por R$ 1.296,23 por pessoa

Pacote para Fortaleza de 10/04 a 16/04 sai por R$ 1.175,23 por pessoa

Economia de 10%

  • Ficar de olho nas promoções: monitorar preços sempre foi uma forma importante de economizar, seja em lojas ou em viagens. Quando se monitoram os preços se sabe quando o preço oferecido realmente está mais barato. Uma sugestão é montar uma planilha ou anotar os preços em papel toda vez que se pesquisar o preço daquela viagem. E quando o preço estiver baixo, devido a uma promoção ou desconto, é hora de fechar negócio.

Para visualizar o artigo completo acesse http://www.vidadeturista.com/artigos/5-dicas-para-economizar-em-viagem-em-2015.html